Olá meu amigo e minha amiga, tudo bem??

Na semana passada eu postei no meu instagram @flow2udh uma enquete perguntando se as pessoas precisavam mudar o seus jeitos de serem ao entrar na empresa para trabalhar. Tive uma grata surpresa ao saber que 74% dos respondentes afirmaram não mudar no seu ambiente de trabalho.

Na minha trajetória profissional como Auditor ou Gestor de Negócios eu passei por muitas empresas e áreas organizacionais. Atendi a vários “Dress Codes”, regras de postura profissional e até de como conduzir as relações interpessoais. O que ficou marcado para mim é que quanto mais eu me percebia distante de quem eu realmente era, mais as pessoas também se afastavam. Não se criava empatia. Tudo era muito frio e racional. Não existia senso de pertencimento em ambos os lados da conversa.

O meu diagnóstico neste tema foi claro e efetivo. Eu só consegui realmente ter a sensação do sucesso profissional com as minhas atividades e relacionamentos quando eu me desprendi de qualquer perfil genérico e passei a ser eu mesmo em todos os momentos. Os impactos disso foram transformadores! Trouxe leveza, bom humor, confiança, reduziu o tempo de resposta dos clientes e dos retrabalhos, etc. Bem como, trouxe mais visibilidade e oportunidades de ascensão.

O maior favor que você pode fazer para você mesmo e para a sua empresa é ser autêntico.

Desde os meus 12 anos, inspirado pelos meus 2 irmãos mais velhos, eu escolhi o rock and roll como estilo musical preferido. Fui tomado pelos acordes cheios de atitude e que se mostram do jeito que são e que também são aceitos do jeito que são. 

Gratidão aos meus irmãos e ao Rock and Roll. 

Conta a sua história nos comentários e vamos criar um movimento de evolução para o maior número de pessoas que pudermos!

Uma excelente semana para todos!